Dia 13 de outubro de 2010, 10 anos atrás, foi o dia em que o DotA 2 foi lançado pela Valve. Deste ponto em diante, diversos jogadores deixaram para trás suas contas no Battle.net e no Garena, assim como suas cópias de Warcraft III: The Frozen Throne para migrar a uma plataforma já consolidada no mercado que abraçava o maior MOBA da época. Relembre alguns momentos marcantes da história do DotA 2.

Leia também:

dota 2
DotA 2 é um marco nos eSports e comemora os seus 10 anos de existência. Foto: Divulgação/Valve

1 – Patience from Zhou (TI 2012)

O TI2 foi repleto de lances inesquecíveis e um desses momentos ocorreu na segunda rodada da chave dos vencedores. No segundo jogo entre Na’Vi e Invictus Gaming, os chineses tentaram abater os jogadores da Na’Vi com um movimento surpresa, atacando pelas costas, mas a resposta de LightOfHeaven e Dendi foi mais rápida. Com um contra-ataque excelente, a Na’Vi conseguiu vencer o jogo e continuar na chave dos vencedores vencendo a série por 2-1. Porém, na Grande Final, a IG deu o troco e venceu por 3-1 conquistando o TI 2.

“Patience from Zhou” vista de 4 ângulos simultaneamente. Vídeo: Jere hmy/Reprodução

Siga o The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

2 – Echo Slam de seis milhões de dólares (TI 2015)

Na final do The International 5, um combo foi o suficiente para decidir a partida. Vencendo a Grande Final por 2-1 contra a CDEC, os jogadores da Evil Geniuses estavam na frente no jogo 4. Em uma boa jogada da CDEC, a equipe conseguiu abater o carrier adversário e aproveitou a oportunidade para matar o Roshan e pegar o Aegis do Imortal para assim tentar vencer o jogo e forçar a quinta partida. Porém, a EG percebeu essa possibilidade e PPD e Universe fizeram o combo que valeu seis milhões de dólares.

Combinando os ultimates do Ancient Apparition (PPD) e Earthshaker (Universe) dentro do covil do Roshan, quatro herois da CDEC foram abatidos quase instantaneamente, gerando o bordão “It’s a disaster!” do narrador TobiWan. Dez minutos após esta jogada, a EG foi a primeira campeã norte-americana do The International.

Echo Slam de 6 milhões de dólares. Vídeo: NoobFromUA/Reprodução

3 – EG vs EHOME (TI 2016)

Conhecido como o “Mega Creep Comeback”, este foi o primeiro jogo da história dos campeonatos The International onde um time conseguiu a vitória da partida após perder todas as suas barracas e jogar contra mega creeps. Em uma partida de mais de 75 minutos, a Evil Geniuses conseguiu se defender contra a EHOME e virou o jogo, garantindo a vaga na final da chave dos vencedores do TI 6. A partida pode ser conferida na íntegra a seguir, a partir de 9:00:16.

4 – Ceeeeeeeb (TI 2018)

Esta é mais uma jogada eternizada na voz dos narradores do The International. Na Grande Final do TI 8, a PSG.LGD liderava a série por 2-1 contra a OG e, após 60 minutos de um jogo muito disputado, Ceb fez uma jogada incrível e acertou o Berserker’s Call (Grito do Furioso) em dois jogadores, possibilitando ao Ana três abates para fechar o jogo na sequência. A OG venceu também o quinto jogo, conquistando o TI 8.

A jogada que deu origem à expressão “ceeeeeeb”. Vídeo: Put Tank In A Mall/Reprodução

5 – Grande Final TI 9

O The International 9 foi um show à parte da OG, que não perdeu nenhuma série no campeonato, mas a Grande Final consagrou a OG como o único time que venceu duas vezes o The International. Após perder o primeiro jogo da série para a Team Liquid, a OG se recompôs e venceu os três jogos seguintes em 32, 23 e 24 minutos. O último jogo da Grande Final contou inclusive com Ana jogando de IO, que é uma escolha bastante incomum para um jogador da posição 1. A Grande Final pode ser conferida na íntegra a seguir:

Bônus – SG Esports 2 – 1 Team Secret

Um dos momentos mais marcantes para o Dota brasileiro foi definitivamente a partida entre SG Esports e Team Secret pelo Major de Kiev em 2017. Neste ano, a Secret (que contava com MP, MidOne, Khezu, Puppey e pieliedie) conseguiu três vitórias na fase de grupos e se classificou em primeiro colocado para os playoffs. Já a SG Esports (hFn, 4dr, Tavo, KINGRD, c4t) perdeu as três partidas e se classificou em último colocado, enfrentando a Secret pelo cruzamento dos times.

Partida entre SG Esports e Team Secret pelo major de Kiev em 2017. Vídeo: NoobFromUA/Reprodução

Desacreditados, os brasileiros perderam o primeiro jogo, mas conseguiram virar a série e venceram por 2-1, avançando no campeonato. Esta foi a primeira aparição de um time brasileiro em um evento da Valve de Dota 2 e, apesar das quatro derrotas no torneio, a SG venceu um mapa da OG na fase de grupos, um mapa da EG nos playoffs e eliminou a Team Secret, que vinha como uma das favoritas à conquista do campeonato. Assista aqui aos jogos número 1, número 2 e número 3 com narração em PT-BR.