O chip M1 foi um marco na indústria de tecnologia móvel, trazendo tanto notebooks quanto desktops para o segmento de aparelhos que também usam processadores ARM. Seu lançamento acelerou a tendência de fazer a transição por conta da eficiência energética e térmica da arquitetura em comparação aos processadores tradicionais. Agora, fontes internas da indústria informaram ao Nikkei Asia que o chip M2, sucessor do processador que mais mexeu com o mercado de tecnologia nos últimos anos, está pronto e começou a produção em massa.

Veja também:

apple m2
Os notebooks com M1 embarcado aceleraram a adoção do BIG.little em desktops. Foto: Reprodução/Nikkei Asia

O M1 já foi adicionado em praticamente todos os aparelhos de Apple, desde os MacBooks no ano passado até os iMacs mais recentemente. As faltas mais notáveis na transição para o M1 foram as versões de 14 e 16 polegadas do MacBook Pro. Ambos estão circulando em rumores e receberiam uma versão melhorada do primeiro Apple Silicon para desktop, que seria chamado de “Apple M1X”. Esse processador teria um design com 12 núcleos em vez dos 8 do atual M1.

Siga o portal The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

apple m1
O M1 ainda nem chegou em todos os dispositivos e já tem rumores do M2 saindo esse ano. Foto: Reprodução/vidacelular

De acordo com o XDA Developers, os chips só estarão prontos em julho. Por esse motivo, é possível que não vejamos nada com os M2 até o fim do ano. Todavia, se os rumoes de um Apple M1X forem, na verdade, o Apple M2, é possível que vejamos aparelhos já com o novo processador na WWDC 2021, que deve acontecer entre os dias 7 e 11 de Junho.