Após quase um mês de campanha, o francês Luffy foi o vencedor da votação popular que garantiria a última vaga para a Capcom Cup 2020, mundial de Street Fighter 5: Champion Edition que acontece de 19 a 21 de fevereiro de 2021 em Punta Cana, na República Dominicana. O competidor, que foi campeão da EVO 2014 de Ultra Street Fighter 4, acumulou mais de 35 mil indicações e superou o brasileiro Zenith, que ficou em segundo lugar com aproximadamente 27 mil indicações em uma mobilização de proporções inéditas na comunidade brasileira de jogos de luta.

Veja também:

capcom cup luffy
Capcom Cup: Oliver “Luffy” Hay é um dos jogadores influentes da comunidade de jogos de luta. Foto: Reprodução

Durante grande parte da votação, que aconteceu de 22 de novembro a 18 de dezembro, Zenith liderava com certa margem em relação a Tokido e Punk, que são considerados os melhores jogadores de Street Fighter 5 do mundo. Todavia, Luffy registrou uma crescente de indicações após aparecer na televisão e contar com o apoio tanto do Ministério dos Esportes da França como também de múltiplos influenciadores. Na reta final da campanha, até mesmo o jogador de futebol Antoine Griezmann, que atua pelo Barcelona, fez um apelo para que os fãs votassem no francês.

Siga o The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

“Eu jamais conseguiria agradecer o suficiente pelo apoio”, disse Luffy em seu perfil pessoal. “Estamos embarcando em uma incrível aventura juntos, é um momento muito forte para os esports que está acontecendo agora com essas indicações. Vocês concederam a mim a qualificação, e cabe a mim honrar todo o suporte”, concluiu.

Com o fim da votação, todos os competidores da Capcom Cup 2020 estão definidos. Luffy marca presença no Grupo D, ao lado de jogadores como AngryBird, Xian, Samurai e Jah_Lexe, que é o representante brasileiro no mundial.

Os cinco jogadores mais votados foram os seguintes:

  1. Luffy: 35.149
  2. Zenith: 26.966
  3. Tokido: 11.161
  4. Punk: 10.132
  5. Sakonoko: 5.080
Zenith foi um dos participantes da Capcom Cup de 2019. Foto: Reprodução/Capcom

Esforço conjunto

Desde que tomou-se conhecimento de que Zenith concorreria a uma das vagas para o mundial, começou uma mobilização para apoiar o brasileiro. Vários membros da comunidade tentaram contato direto com influenciadores, portais de notícias, apresentadores e organizações de eSports para angariar votos — e com êxito na maior parte dos casos. O resultado foi um engajamento que excedeu as barreiras dos jogos de luta.

Nomes como Gaules, Rato Borrachudo, YoDa, Nyvi Estephan, Danilo Gentili, Loading, Vivo Keyd, Team oNe, Razer Brasil e Black Dragons são alguns dos que colaboraram para o bom desempenho de Zenith, apresentando a causa a milhões de seguidores. Houve um apelo para que o jogador de futebol Neymar Jr. também ajudasse com divulgação, mas isso não aconteceu.

“Independente de não ter dado certo, foi incrível porque o pessoal abraçou a causa, se empenhou. Quando eu estava cansado e entrava nos grupos, observava todo mundo se esforçando e isso dava um gás”, disse Zenith ao The Squad. “Eu não estou na FGC há muito tempo, estou desde 2018, mas eu nunca vi uma movimentação dessa para nada. A gente chegou em audiências praticamente inalcançáveis”, acrescentou.

“Apesar de tudo, acho que foi muito bom para unir, de certa maneira, a comunidade e agora fico realmente na esperança de que haja um legado disso, sabe? Que as pessoas entendam que é necessário ter um senso de comunidade, que tem que ter um engajamento em prol das coisas boas dentro da comunidade. Todo mundo tem que fazer sua parte para desenvolver a cena”, concluiu.