A BIG é a atual campeã do Gamers Without Borders de Counter Strike: Global Offensive (CS:GO). A equipe alemã enfrentou a FURIA na grande final e venceu por 2-1 em mapas muito disputados. Com a vitória, a BIG faturou US$ 600 mil, enquanto a FURIA ficou com US$ 300 mil que serão doados para caridade para o combate ao COVID-19. Veja como foi o confronto.

CS:GO
Unicef foi a escolha da FURIA para receber seu prêmio de caridade. Divulgação/ESL

Leia também:

Mirage

Na escolha da BIG, os alemães não encontraram dificuldades no começo do jogo e logo abriram 8-1 de vantagem, porém a FURIA entrou no jogo e conseguiu fazer 6 pontos em sequência, diminuindo a distância no placar para a vantagem mínima na primeira metade. Na virada de lados, a FURIA se mostrou superior de conseguiu abrir uma vantagem de 15-11 e fechar o mapa em 16-14 em mais uma situação de clutch do KSCERATO.

Siga o The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

Inferno

Novamente, o início da BIG foi bastante forte e a equipe alemã conseguiu abrir 10-5 na primeira metade jogando no lado CT. E assim como no mapa anterior, a FURIA entrou no jogo e buscou o placar, virando para 14-13. As equipes levaram o jogo para a prorrogação, onde tabseN fez a diferença e a BIG fechou o mapa em 19-16.

Vertigo

O último mapa da final foi bastante equilibrado. Com trocas de abates a todo o momento, a FURIA conseguiu sair na frente jogando de CT e abriu uma vantagem de 9-6. Na virada de lados a FURIA venceu o pistol, mas a BIG respondeu dominando os rounds em sequência até virar o jogo para 14-10. Os brasileiros foram buscar o placar novamente e conseguiram levar a partida para a prorrogação. Na segunda prorrogação, a FURIA infelizmente não venceu os rounds necessários, com direito a clutch do syrsoN com 1 de vida, e a BIG fechou o mapa em 22-20 e o jogo em 2-1.

Classificação final

  • 1º lugar: BIG – US$ 600 mil (doados para a International Medical Corps – IMC)
  • 2º lugar: FURIA – US$ 300 mil (doados para a UNICEF)
  • 3º/4º lugar: ENCE e Mousesports – US$ 150 mil cada (doados para a IMC e UNICEF respectivamente)
  • 5º/6º lugar: FaZe e NiP – US$ 100 mil cada (doados para a UNICEF e Direct Relief respectivamente)
  • 7º/8º lugar: MIBR e Dignitas – US$ 50 mil cada (doados para a UNICEF e Gavi respectivamente)