Pode sorrir, brasileirinho! A FURIA foi a campeã da ESL Pro League Season 12 da América do Norte de Counter Strike: Global Offensive. Após garantir a segunda colocação no grupo, a equipe brasileira venceu a Evil Geniuses na semifinal por 2-0 e a 100 Thieves na Grande Final por 3-0. Com a primeira colocação, a FURIA ganhou US$ 77,5 mil (aproximadamente R$ 431 mil), 500 pontos no ESL Pro Tour e 1400 pontos no circuito classificatório para a BLAST Premier.

Leia também:

furia esl
Counter-Strike é uma das principais modalidades de eSports da atualidade. Foto: Divulgação/Valve

O MVP da partida ficou com Yuri “yuurih” Santos, que conseguiu 40 eliminações, 26 mortes e o maior KAST: 81,6%. No campeonato, quem liderou as estatísticas foi outro brasileiro: Henrique “HEN1” Teles. O jacaré fez grandes partidas e terminou o campeonato com rating de 1,29.

Siga o The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

Esta final ficou marcada também pela equipe da FURIA apresentar um “pezinho” novo na Vertigo. Utilizando dois jogadores, é possível colocar um terceiro jogador em cima do andaime e surpreender os adversários. Confira no vídeo abaixo.

De acordo com Guerri, técnico da FURIA, Vini foi o responsável por achar esta posição, mas quem utilizou foi o yuurih.

Após vencer a DreamHack Masters Spring e a DreamHack Open Summer, este foi o terceiro título da FURIA este ano e que acabou com a sequência de vitórias da Evil Geniuses, que vinha de três vitórias em sequência.

O próximo compromisso da FURIA será na Intel Extreme Masters XV New York, que começa na terça-feira (6) e conta com um total de 12 times: os oito primeiros colocados no Ranking de RMR, com exceção da Gen.G, quatro times classificados por qualificatórias fechadas e um time a ser definido.