Por muito tempo, a hegemonia da comunicação online foi praticamente da Microsoft. No início, havia a competição com outros protocolos e aplicativos, mas eventualmente o MSN Messenger tomou a liderança. Quando o Skype cresceu, a gigante do Windows comprou o aplicativo e, agora, a história parece estar prestes a se repetir com o Discord.

Veja também:

discord
Mais uma plataforma em ascensão que atraiu a atenção da gigante de software. Foto: Reprodução/techenet.com

De acordo com uma reportagem do Bloomberg, pessoas próximas à negociação dizem que ainda não é algo iminente, mas que ofertas já foram feitas e a cifra chega aos 10 bilhões de dólares. Tendo em vista a compra mais antiga do Skype e mais recente do GitHub, não é surpresa que a Microsoft esteja sempre de olho em potenciais competidores.

O Discord tem uma comunidade ativa de mais de 140 milhões de usuários mensais e, apesar de ter surgido com um foco maior em videogames, lentamente mais e mais nichos de pessoas usam a plataforma como meio de concentrar sua comunicação e interação, mesmo para hobbies que são realizados offline.

Siga o portal The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

discord
A galera que viu o Skype ser “desmontado” sob a tutela da Microsoft não está muito feliz com a possível aquisição. Foto: Reprodução/PC Mag

De acordo com o site XDA Developers, o Discord abordou a Microsoft para sondar interesse e o chefe da divisão Xbox, Phil Spencer, está liderando as discussões. As informações liberadas em dezembro de 2020 foram de que o Discord gerou US$ 130 milhões em receita — um salto grande dos US$ 45 milhões de 2019.

Apesar do crescimento de rentabilidade, o Discord ainda não é lucrativo, o que pode ter levado a essa sondagem e conversas com a Epic e Amazon. Vale lembrar que, recentemente, a Microsoft também fez um grande movimento com a aquisição da ZeniMax Media, empresa-mãe da Bethesda, por US$ 7,5 bilhões.