Neste domingo (15), aconteceu o segundo e último dia da qualificatória final do First Strike de Valorant. O último dia de classificação definiria os últimos quatro times que disputarão o evento principal em São Paulo, valendo R$ 200.000. O dia trouxe alguns times favoritos e confrontos bem mais parelhos que o dia anterior, além do primeiro uso da Bind na competição. Veja, a seguir, como foram as séries deste dia e as equipes classificadas para o evento presencial.

Veja também:

first strike
O cenário competitivo de Valorant dá primeiro passo no Brasil com o First Strike. Foto: Divulgação/Riot Games

Fusion Fraggers 2 x 0 Intel New Indians

Iniciando o dia de jogos, tivemos o confronto entre Fusion Fraggers e Intel New Indians na Ascent. Com defesas fortes, a FF não esperou seus oponentes plantarem e venceu a maior parte dos rounds com abates. Com destaque para v1xen que terminou com um AMA de 24-6, a Fusion Fraggers confirmou o favoritismo já no início da série com um placar de 12-3 em cima da New Indians.

A Split é um mapa conhecido por favorecer o lado defensor, porém a FF não tomou reconhecimento disso e dominou as rodadas iniciais de ataque. Com seu estilo agressivo, a Fusion Fraggers foi incisiva no segundo mapa, mesmo com alguns ataques fortes da New Indians. Com 13×6, a FF é a quinta classificada para o presencial em São Paulo.

Siga o The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

NeedMoreDM 2 x 0 Falkol

No segundo jogo, tivemos o time da Falkol contra a NeedMoreDM — partida em que os dragões azuis eram favoritos pela torcida. Porém o mapa da Split foi completamente controlado pela NMDM, que marcou 10 pontos na defesa com ótimas jogadas de dio9x e jacobin. Já no ataque, uma molotov incrível de ceegu1N garantiu o matchpoint e eventualmente a vitória em cima da Falkol com 13×2 no placar.

Porém o oposto aconteceu no segundo mapa. Com uma defesa sensacional, a Falkol garantiu nove rodadas na primeira metade, incluindo um Ace do BLD de Sage e qck oprimindo com sua Jett. A Falkol venceu o mapa por 13×4 e levou a série a decisiva Ascent, onde tivemos o jogo mais parelho da série. Falkol e NMDM alternaram entre rodadas, sem nenhum garantir mais que dois pontos de vantagem do outro.

Por muito pouco o último jogo não foi para a prorrogação, mas no final a NeedMoreDM conseguiu a vaga para São Paulo com um placar muito acirrado de 13×11.

Black Dragons 0 x 2 Pain Gaming

Iniciando pela Split, o confronto entre Black Dragons e Pain Gaming foi um dos mais disputados nesse mapa. As duas equipes alternaram pontos durante a defesa da BD, e mesmo quando a Pain começou a sair na liderança, era por rodadas difíceis. Até um Ace foi feito pelo jogador da bezn1 para manter os Dragões na disputa, mas no final o placar ficou 13×10 para a Pain Gaming.

Já em Ascent, a história foi um pouco diferente. Foi longe de ser um stomp, mas a Pain teve um controle muito bom neste mapa. A defesa deles foi absoluta, mas aos poucos a Black Dragons pontuou e ameaçou virar a partida, porém uma ótima performance de Verobife foi essencial para classificar a Pain para o evento principal.

Mix 2 x 1 Red Canids

O último confronto das qualificatórias fechadas viu Mix e Red Canids disputando a última vaga. Após uma primeira metade equilibrada na Ascent, a Mix começou a se sair melhor no ataque da Ascent, porém a Red não ficou pra trás e buscou o empate. Tão disputado foi esse mapa que por pouco não tivemos a primeira prorrogação da competição. No fim, a Mix conseguiu a vitória no detalhe, marcando 13×11.

Pela primeira vez durante a qualificatória fechada, o mapa Bind foi jogado na segunda partida da série. No mapa com os portais, as duas equipes novamente disputaram de igual para igual, mas com ótimas jogadas de Sacy, PEPA e masu, a Red conseguiu a vitória por 13×8 e levou a série para o terceiro e decisivo jogo na Split. Com dois jogos disputados, esperava-se o mesmo do mapa decisivo, porém não foi o que aconteceu.

A Red simplesmente apagou neste terceiro mapa. Todos os ataques da matilha eram neutralizados por completo pela Mix, que emplacou 10 pontos seguidos de cara salvo pela última rodada da defesa. Mas este ponto foi apenas pela honra, com a Mix atropelando a Red no maior snowball da qualificatória com 13×1.

Gamelanders, Havan Liberty, Nimo oNe, B4, Fusion Fraggers, NeedMoreDM, Pain Gaming e Mix são as oito equipes que disputarão o presencial em São Paulo. O evento principal do First Strike começará no dia 3 de dezembro com a adição do mapa Icebox na competição. Você fica atento a tudo o que acontece no First Strike aqui no The Squad.