O diretor Cory Barlog, responsável pela franquia God of War, foi até as redes sociais para informar ao público que a decisão de adiar a sequência para 2022 e de lançá-la para PS5 e PS4 partiu exclusivamente dele. O motivo de comunicar a comunidade aconteceu após alguns “fãs” atacarem a equipe de desenvolvedores do jogo nas redes sociais.

Veja também:

god of war
Próximo God of War foi adiado para 2022. Foto: Reprodução/PlayStation

Uma das pessoas atacadas foi a streamer Alanah Pearce, que entrou recentemente para a equipe de desenvolvedores do jogo. Em suas redes sociais, ela postou o primeiro assédio que recebeu de um usuário. Após o incidente, Cory Barlog repudiou o ataque.

“De verdade, isso aqui é um absurdo! Vocês querem ficar bravos com alguém sobre qualquer coisa relacionada a GoW (adiamento, [lançamento no] PS4/PS5, tamanho da legenda, a existência do Sigrun), fiquem irritados comigo. Eu que fiz as ligações. Eu fiz isso. Não incomodem a equipe, todos eles são excelentes profissionais que estão fazendo um ótimo trabalho”, escreveu o produtor.

Siga o The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

A sequência de God of War, abraçada pelos fãs como “GoW Ragnarok”, foi anunciada em setembro de 2020 com um pequeno teaser. Desde então, nenhuma outra informação do game foi divulgada. O título está previsto para ser lançado em algum momento de 2022.