Durante muito tempo, a melhor opção para armazenar aquelas fotos de família, de eventos e viagens foi o Google Fotos. A plataforma oferecia uma opção de armazenamento de imagens com alta qualidade e sem limite, mas esta mordomia agora está com os dias contados e deve acabar em 1º de junho de 2021.

Veja também:

Google Fotos
Depois de anos de facilidades, os usuários terão que aprender a gerenciar o espaço no Google Fotos ou pagar pelo Google One. Foto: Divulgação/Google

De acordo com o comunicado oficial do Google, atualmente, mais de um bilhão de pessoas fazem backup de 28 bilhões de fotos no Google Fotos por semana. O objetivo dessa mudança seria preparar a plataforma para poder receber ainda mais recordações de mais pessoas, mas o que fica nítido é que o custo ficou alto demais por conta do aumento constante no número de usuários.

Siga o The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

Apesar de ser uma pena perder o armazenamento ilimitado, tudo que você colocar no Google Fotos antes do dia 1º de junho de 2021 não contará no limite e, de acordo com o Google, o armazenamento gratuito de 17 GB durará mais de 4 anos para a grande maioria dos usuários. Também será disponibilizada uma ferramenta para auxiliar no gerenciamento de fotos para encontrar e apagar fotos escuras, desfocadas e com baixa qualidade.

Fotos borradas, escuras e sem qualidade poderão ser rapidamente localizadas usando o gerenciador. Foto: Reprodução/The Verge

Os usuários que, mesmo com o gerenciamento de espaço, não acharem que os 17 GB sejam suficientes e desejem ter mais espaço na conta do Google têm a opção de contratar o Google One para ter armazenamento adicional pagando R$ 6,99 por mês por 100 GB, R$ 9,99/mês por 200 GB ou R$ 34,99/mês por 1 TB.

Para mais informações sobre a mudança, leia a postagem original na íntegra e, para mais informações sobre todas as vantagens da assinatura do Google One, acesse a página oficial do serviço neste link.