Mais recordes para o Free Fire! A transmissão da Grande Final da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) conseguiu bater o recorde de audiência das edições da Liga da modalidade. Com um pico de pouco mais de 1,14 milhão de espectadores simultâneos somando YouTube, Loading (canal de TV aberta) e BOOYAH! (plataforma da Garena), o Free Fire mostra um crescimento muito grande em comparação à edição passada da LBFF.

Leia também:

Este número expressivo é 93% maior do que o pico de espectadores simultâneos da edição 1 da LBFF, em 2020, e é a segunda maior audiência entre todas as competições de Free Fire no Brasil – perdendo apenas para a final da Free Fire World Series. No quesito visualizações totais, a LBFF 4 teve mais de 95 milhões durante toda a etapa, 59% a mais do que a LBFF 3.

Siga o The Squad e fique por dentro das novidades!

LBFF
Equipe da Fluxo de 2021. Foto: Liquipedia/Reprodução

Todo este público pode acompanhar a Fluxo, projeto de Nobru e Cerol, ser campeã da etapa 4 da LBFF no critério de desempate contra a equipe da LOUD, ambos os times representarão o Brasil no Mundial de Singapura, em maio. Com o título, a Fluxo conquistou o troféu de campeão e R$ 105 mil, aproximadamente 14% da premiação total de R$ 745 mil.

Os times que não foram bem na LBFF 4 e ficaram nas últimas posições, disputarão partidas do Grupo de Acesso no dia 3 de abril, às 13h, com transmissão na YouTube e na BOOYAH! valendo a permanência na elite do Free Fire brasileiro.

Nesse grupo, Black Dragon, paiN Gaming, INTZ e Team oNe se juntam às equipes que terminaram entre a 3ª e a 10ª colocação da Série B: Alt Gamers M, AMAZONCRIPZ, Checkmat, CK ELITE, Los Grandes, NewX Gaming, VINCIT Gaming e W7M Gaming. As quatro melhores equipes jogarão a próxima etapa na Série A e as oito piores, jogarão na Série B.

Finalmente, Flamengo eSports e Red Canids Kalunga, ficaram nas últimas colocações e foram automaticamente rebaixadas para a Série B na próxima etapa da competição.