O último relatório financeiro da Square Enix revelou que Marvel’s Avengers não conseguiu cobrir o seu custo de produção, trazendo um prejuízo de 7 bilhões de ienes para a empresa ─ aproximadamente R$ 360 milhões. Atualmente, o título está disponível para Xbox One, PlayStation 4 (PS4), PC e Google Stadia. Em 2021, ele estará disponível para Xbox Series X e PlayStation 5 (PS5) com suporte a um update gratuito para quem já tiver o game.

Veja também:

avengers
Marvel’s Avengers ainda não pagou o custo de produção. Foto: Divulgação/Square Enix.

De acordo com o presidente Yosuke Matsuda, as vendas do game foram abaixo das expectativas e um dos fatores foi a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Além disso, ele complementa dizendo que o trimestre da Square teria registrado um saldo positivo se não fosse pela performance ruim que o jogo teve.

Siga o The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

Para compensar este déficit, Matsuda pretende aumentar as vendas de Marvel’s Avengers durante o próximo trimestre, contudo, ele não disse qual seria a sua estratégia para alavancar as vendas do game.

“Além da amortização dos custos de desenvolvimento do título, outro fator significativo associado ao jogo foi o fato de termos investido em uma grande campanha publicitária na época de lançamento para compensar os atrasos em nossos esforços de marketing resultantes da pandemia COVID-19”, disse o presidente da companhia.

No começo de dezembro, Marvel’s Avengers receberá a heroína Kate Bishop, primeiro conteúdo pós-lançamento, que pode ser o pontapé inicial para aumentar as vendas do jogo.