Início NOTÍCIAS

Microsoft compra Activision Blizzard, de Call of Duty e Diablo, por US$ 70 bilhões

A Microsoft deu mais um passo gigantesco no mundo dos games nesta terça-feira, 18. A dona do Xbox anunciou o início do processo de aquisição da Activision Blizzard, empresa responsável por franquias como Call of Duty, Overwatch, Diablo, Crash Bandicoot e tantas outras. O valor da compra não foi divulgado oficialmente, mas múltiplas fontes apontam que a transação será de US$ 68,7 bilhões — aproximadamente R$ 386 bilhões em conversão direta, a maior já registrada na indústria de games.

Veja também:

Com aquisição da Activison Blizzard pela Microsoft, franquias como Sekiro, Call of Duty, Diablo, Overwatch, Starcraft e muitas outras pertencem ao Xbox. Foto: Divulgação/Activision

Em comunicado, Phil Spencer, chefe da divisão Xbox, reafirmou o compromisso da marca com um ambiente inclusivo tanto para funcionários como para jogadores. “Estamos ansiosos para estender nossa cultura proativa de inclusão para as grandes equipes da Activision Blizzard”, escreveu o CEO em resposta às recentes denúncias de assédio e ambiente tóxico de trabalho envolvendo a dona de Call of Duty.

O executivo Bobby Kotick, que está no centro da polêmica por fazer vista grossa às denúncias dos funcionários, especialmente as mulheres, deve continuar como CEO da Activision Blizzard até o fim do processo de aquisição, previsto para junho de 2023. Após isso, a empresa deverá reportar a Phil Spencer como novo CEO. Ainda não está claro qual será o papel de Bobby Kotick com o acordo.

Siga o The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

Com o fim da aquisição, a Microsoft deseja disponibilizar a maior parte do catálogo da Activision Blizzard no Xbox Game Pass para PC e consoles. É de se esperar, também, que futuros lançamentos também sejam disponibilizados no serviço já a partir do primeiro dia, assim como acontece com outros jogos da Microsoft Game Studios

No momento, a Microsoft não tem planos para tornar os jogos da Activision Blizzard exclusivos. “Os jogos da Activision Blizzard são desfrutados em várias plataformas e planejamos continuar apoiando essas comunidades no futuro”, escreveu Phil Spencer no blog oficial do Xbox. Vale lembrar, no entanto, que alguns jogos da Bethesda serão exclusivos do Xbox e PC, como é o caso de Starfield. A dona de The Elder Scrolls foi adquirida pela Microsoft em 2020 como parte do processo de compra da ZeniMax Media por US$ 7,5 bilhões — cerca de R$ 42 bilhões.

SEM COMENTÁRIOS

Sair da versão mobile