Início NOTÍCIAS

Nintendo não pretende lançar outro modelo de Switch além do OLED no momento

Diferente do que muitos fãs esperam, a Nintendo não pretende lançar outro Switch além do recém-anunciado modelo OLED no momento. A declaração foi feita em nota publicada segunda-feira (19), na qual a companhia contradisse uma reportagem do Bloomberg que sugeria que ela teria aumentado sua margem de lucro com o novo console, que chega às lojas inicialmente em outubro. Vale lembrar que o Nintendo Switch OLED chega ao Brasil apenas em 2022, ainda sem uma data definida.

Veja também:

Nintendo Switch OLED chega ao Brasil apenas em 2022, ainda sem uma data anunciada. Foto: Divulgação/Nintendo

Nos Estados Unidos, o Nintendo Switch OLED será vendido pelo preço sugerido de US$ 350 — um acréscimo de US$ 50 em comparação à edição comum do console e de US$ 150 em comparação ao Nintendo Switch Lite, que é exclusivamente portátil. Na reportagem, o Bloomberg destaca o valor de produção estimado dos novos recursos do modelo OLED, que seria de US$ 10 a mais por unidade. Segundo o site, isso seria um indicativo de que a Nintendo teria aumentado sua margem de lucro.

“Para garantir o entendimento correto dos nossos investidores e consumidores, gostaríamos de deixar claro de que essa alegação está incorreta”, escreveu a empresa, sem referenciar diretamente a publicação do Bloomberg. “Também gostaríamos de esclarecer que acabamos de anunciar que o Nintendo Switch (Modelo OLED) será lançado em outubro de 2021 e que não há planos para lançar qualquer outro modelo no momento”, concluiu.

Siga o The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

Antes da temporada de E3 2021, havia rumores de que a Nintendo estaria trabalhando em um novo Nintendo Switch que seria mais poderoso e teria suporte à resolução 4K, seguindo uma tendência do mercado. O suposto modelo foi batizado informalmente de “Switch Pro” e a informação chegou a ser corroborada por vários veículos de imprensa, que reportavam um anúncio iminente antes mesmo do evento de jogos. No entanto, o modelo OLED não traz quaisquer melhorias de performance e isso levantou discussões dentro da comunidade.

A edição revisada do console híbrido traz uma tela OLED de sete polegadas, áudio aprimorado no modo portátil, um armazenamento interno de 64 GB e um estande ajustável para posicionar o console em diferentes ângulos com maior liberdade. As demais especificações técnicas são idênticas às do Nintendo Switch comum.

SEM COMENTÁRIOS

Sair da versão mobile