Muita gente já usa o Spotify e justamente por isso ele é um dos maiores senão o maior serviço de streaming de música do mundo. Além de contar com a possibilidade de ouvir música de graça, ele ainda conta com uma assinatura mensal que remove várias das travas da sua experiência. Se você não usa o serviço porque acha que ainda não tem informação o suficiente sobre ele, apresentamos, neste artigo, as diferenças entre a versão gratuita e cada um dos planos.

Veja também:

ouvir música de graça
Quando você loga na sua conta em qualquer meio de interação do Spotify, ele imediatamente puxa seus dados, é bem legal. Foto: Divulgação/Spotify

Spotify Free para ouvir música de graça

A versão gratuita, como era de se esperar, tem várias limitações em relação à versão paga. Essas limitações são, na minha opinião ligeiramente injustas, mas justificáveis se a intenção da empresa é fazer com que o usuário se sinta tentado a fazer uma assinatura da versão premium. A versão gratuita do Spotify conta com as seguintes desvantagens:

  • Limite de vezes que você pode mudar de música manualmente (6 vezes por hora);
  • Reprodução de álbuns e playlists apenas no modo aleatório;
  • Impossibilidade de salvar as músicas para ouvir offline;
  • Impossibilidade de fazer streaming de um dispositivo pra outro (Spotify Connect);
  • Impossibilidade de ouvir álbuns lançados na data de estreia (geralmente o limite é de duas semanas até a liberação para o usuário grátis);
  • Impossibilidade de ouvir músicas na qualidade “Muito Alta” (320kbps);
  • Impossibilidade de ouvir o Spotify Radio;
  • Reprodução de anúncios entre as músicas.
Desses quatro motivos, eu diria que os anúncios são os que forçam mais a mão de quem quer ouvir música de graça. Foto: Divulgação/Spotify

Todas essas limitações e em especial a reprodução de anúncios tornam um pouco frustrante usar a versão gratuita do serviço. Se propagandas não são um problema para você, uma sugestão para melhorar a experiência grátis é criar sua própria playlist só com músicas que você nunca pularia, dessa forma só sobram de inconveniência os anúncios.

Versão Premium

A versão premium tem várias opções considerando a quantidade de pessoas que usarão a mesma assinatura para colocar um valor maior ou menor, mas, começando pelo que interessa, vamos à lista de funções (quase que oposta à anterior) que você tem acesso ao assinar o Spotify Premium:

  • Avanço de músicas ilimitado;
  • Reprodução de álbuns e playlists repetindo uma música, o álbum ou playlist depois de chegar ao fim e também em modo aleatório;
  • Possibilidade de salvar até 10.000 músicas para ouvir offline (você não pode escutar músicas ou podcasts salvos offline se sua assinatura vencer);
  • Possibilidade de fazer streaming de um dispositivo para outro usando o celular como controle (Spotify Connect);
  • Possibilidade de ouvir álbuns lançados na data de estreia;
  • Possibilidade de ouvir músicas na qualidade “Muito Alta” (320kbps);
  • Possibilidade de ouvir o Spotify Radio (você escolhe as bandas e o próprio Spotify cria uma lista e mantém atualizada com os lançamentos);
  • Playlists customizadas (Duo, Família, Mais Ouvidas do Ano etc);
  • Spotify Kids (somente no Premium Família);
  • Sem reprodução de anúncios entre as músicas.
Spotify planos
Apesar de ser possível ouvir música de graça no Spotify, há diferentes planos para todos os gostos. Foto: Divulgação/Spotify

Agora que já listamos todas as vantagens, vamos aos tipos de plano Premium. Como demonstrado na imagem acima, os planos vão do individual ao plano família com exceção do universitário, com um custo mais em conta para estudantes das instituições cadastradas, e do plano Duo, para famílias com apenas duas pessoas.

Em questão de funcionalidade, todos os planos premium têm acesso a todas com exceção do Spotify Kids, que é exclusivo para assinantes do plano família. Em questão de melhor custo pelo benefício, para uma única pessoa obviamente é o plano universitário com as devidas limitações e, no caso de mais de duas pessoas, o melhor seria o plano família.

Spotify - ouvir música de graça
É um custo por pessoa menor até que o universitário, mas nem tudo são flores. Foto: Divulgação/Spotify

Algo importante a ressaltar é que, tanto no plano família quanto no plano duo, o Spotify pede uma confirmação de endereço e exige que as pessoas do plano sejam da mesma família e morem no mesmo endereço. O endereço dos usuários é checado periodicamente pelo aplicativo para garantir que os termos e condições estão sendo seguidos.

O pagamento do serviço é feito geralmente por cartão de crédito, mas, se você prefere não usar ou não tem um cartão, pode comprar cartões-presente em supermercados e lojas de varejo e ativar logando com sua conta neste link. Para informações mais detalhadas sobre o Spotify, você pode acessar a plataforma de suporte online aqui.

ouvir música de graça
Dia e noite, em qualquer lugar (que tenha internet) eles vão estar lá para te ajudar. Foto: Divulgação/Spotify

Se você estiver pensando em assinar o premium e não sabia o que ele te dava de vantagens, agora tem um meio fácil de descobrir aqui. O Spotify está disponível para Android, iOS, Web, Desktop, Playstation, Xbox e numa variedade enorme de alto-falantes e sons automotivos; você pode checar todas as versões aqui.