Dia de tristeza e de comemoração para os brasileiros no PGL Major de Counter Strike: Global Offensive (CS:GO). A Team Liquid (do brasileiro FalleN) foi eliminada pela FaZe Clan, mas na sequência a FURIA garantiu a vitória para cima da Entropiq e se classificou para a próxima fase, o Champions Stage. Confira como foram as partidas.

Leia também:

Liquid vs FaZe

A primeira partida do dia foi triste para os brasileiros. O jogo começou na Inferno, escolha da Liquid, que viu a FaZe dominar a primeira metade jogando de CT e marcando 11 pontos. Na segunda metade, a FaZe abriu 13-4 de vantagem e trocou rounds para garantir a vitória por 16-8 e 1-0 na série.

Siga o The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

Major
Apesar da boa atuação de FalleN, a Liquid foi eliminada do PGL Major de CS:GO. Foto: HLTV/Reprodução

O jogo continuou na Mirage e foi muito mais disputado. A Liquid conseguiu abrir uma boa vantagem de 8-3 na primeira metade, mas a FaZe buscou o placar e garantiu 7 pontos jogando de TR. Na virada de lados, novamente a Liquid marcou uma sequência de pontos, abrindo 14-10 no mapa de escolha adversária, porém mais uma vez a FaZe buscou o placar e levou o jogo para a prorrogação, onde conseguiu vencer por 22-19 e eliminar a Liquid do campeonato com 1 vitória e 3 derrotas.

FURIA vs Entropiq

Após a tristeza pela eliminação da Team Liquid, veio a alegria pela classificação da FURIA. O jogo começou muito bem para os brasileiros que abriram logo um 11-4 jogando de CT na Vertigo, escolha dos adversários. Na troca de lados, a FURIA não teve dificuldades para fazer 16-6 e garantir 1-0 na série.

Na escolha da FURIA, Nuke, novamente os brasileiros começaram impondo seu ritmo e marcaram 7 pontos jogando do lado TR. Porém, quando o jogo parecia bastante encaminhado para um 2-0, a Entropiq atropelou os brasileiros que não conseguiram se defender e marcaram apenas 1 round jogando de CT. A Entropiq venceu o mapa dos brasileiros por 16-8 e forçou o terceiro mapa.

A Ancient foi um mapa de trocas de sequência de rounds. A FURIA começou de CT e abriu uma vantagem de 9-6 na primeira metade, que aumentou ainda mais com os brasileiros jogando de TR. Logo nos primeiros rounds da segunda metade, a FURIA emplacou um 14-6 com direito a um clutch 1×4 do yuurih. A Entropiq tentou buscar o placar, mas a vantagem era grande demais e a FURIA conseguiu vencer o mapa por 16-12, fechando a série em 2-1 e garantindo a vaga nos playoffs.

Com este resultado, a FURIA aguarda o chaveamento para os playoffs de eliminação simples que começam nessa quarta-feira (4) e vão até domingo (7).