A Sony e a Naughty Dog estariam trabalhando em um remake do primeiro The Last of Us (2013) para PlayStation 5 de acordo com uma reportagem do site Bloomberg veiculada nesta sexta-feira (9). A apuração, feita pelo conceituado jornalista Jason Schreier, foca em como o projeto estaria a cargo de um time menor e que buscava autonomia dentro da empresa, chamado Visual Arts Service Group, mas acabou sendo transferido para Naughty Dog por decisão do alto escalão da Sony.

Veja também:

the last of us
The Last of Us foi um dos grandes lançamentos da Naughty Dog para fechar a geração do PS3. Foto: Divulgação/Sony

De acordo com a reportagem, o time Visual Arts Service Group foi fundado em 2007 em San Diego e é um dos responsáveis por polir outros grandes lançamentos da PlayStation Studios em departamentos como animação, arte e outras tarefas de desenvolvimento, com passagem em grandes títulos como Marvel’s Spider-Man e Uncharted.

Há aproximadamente três anos, o time buscou ter mais liberdade criativa e liderar a direção de um jogo em vez de apenas ajudar em outros projetos. Com isso, o fundador Michael Mumbauer recrutou um grupo adicional de 30 desenvolvedores e formou uma nova unidade desenvolvimento dentro da Sony com o propósito de expandir algumas das suas franquias de maior sucesso. Com isso, o time começou a trabalhar em um remake de The Last of Us para PlayStation 5. O jogo foi lançado originalmente em 2013 para PS3 e que recebeu uma remasterização para PS4 mais tarde.

Siga o The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

Apesar disso, o time nunca recebeu o devido suporte financeiro da Sony e sequer tinha sua existência reconhecida pela empresa, ainda segundo a reportagem. Em vez disso, o alto escalão decidiu mover a autoria do projeto para a Naughty Dog, produtora original da franquia, e o pequeno time se dissolveu segundo oito pessoas familiarizadas com a situação que foram entrevistadas pelo Bloomberg.

É importante notar, no entanto, que o projeto ainda não foi anunciado oficialmente pela Sony, mas supostamente segue em andamento. Por isso, todas as informações devem ser tratadas como especulação. Vale lembrar, também, que uma série baseada em The Last of Us está em produção pela HBO e contará com Pedro Pascal e Bella Ramsey como Joel e Ellie no elenco.

Sequência de Days Gone foi negada pela Sony ainda em 2019. Foto: Divulgação/Bend Studio

Days Gone 2 não deve se tornar realidade

A reportagem também detalha um caso envolvendo o Bend Studio, responsável por Days Gone, que tentou concretizar uma sequência do game de 2019. Aparentemente, no mesmo ano, a Sony negou a proposta devido à recepção mista pela mídia e distribuiu a equipe em dois projetos distintos: um para ajudar a Naughty Dog em um jogo multiplayer e um segundo para trabalhar em um novo Uncharted, também com a supervisão da Naughty Dog.

Com a decisão, parte da equipe estava insatisfeita com a “dança das cadeiras” e decidiu sair do estúdio. Os desenvolvedores do Bend Studio temiam uma possível absorção pela Naughty Dog, então a liderança do estúdio pediu para deixar o projeto. Em março, de acordo com o Bloomberg, o pedido foi atendido e a produtora de Days Gone agora trabalha em um novo jogo de autoria própria.