Em entrevista para a GQ, o ator Tom Holland revelou que o roteiro de Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa precisou passar por reestruturações durante as filmagens. O longa-metragem do herói está previsto para estrear no dia 16 de dezembro nos cinemas brasileiros.

Veja também:

Homem-Aranha
Roteiro de Sem Volta Para Casa foi reescrito durante as filmagens do filme. Foto: Divulgação/Sony

De acordo com o artista, vários atores presentes na produção assinaram o contrato para o terceiro filme alguns dias antes do começo das gravações. “Algumas pessoas estavam tentando entender o que elas queriam fazer, mas nós precisávamos de todos, ou nenhum“, comentou o ator.

Além disso, a situação do roteiro se agravou quando eles descobriram que a produção iria estrear antes de Doctor Strange: Into Multiverse of Madness. Originalmente, Sem Volta Para Casa seria lançado após os eventos da sequência de Doutor Estranho, mas, devido à pandemia, a continuação com Benedict Cumberbatch foi adiada e o projeto com Holland foi adiantada.

Com isso, foi necessário alterações na trama do vindouro título do Amigo da Vizinhança. Em um determinado momento das filmagens, nem o diretor Jon Watts sabia o que ia acontecer. “Você poderia perguntar para o diretor ‘O que vai acontecer no ato III?’ e a resposta dele era ‘Eu ainda estou tentando descobrir'”, complementou Holland.

Siga o The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

O ator também falou que tinha alguns diálogos de Peter Parker que não estavam funcionando. “Não era eu. A cena não estava fluindo”, afirma Tom. Depois disso, ele e o diretor criaram e apresentaram algumas novas ideias para os roteiristas, que modificaram o texto.

Por fim, Tom Holland falou rapidamente sobre o futuro do HomemAranha.Está na hora de eu seguir em frente. Talvez o melhor para o Homem-Aranha é que eles [Marvel e Sony] façam um filme do Miles Morales. Eu tenho que levar Peter Parker em consideração, pois ele é uma parte importante da minha vida. Se eu estiver interpretando o Homem-Aranha depois dos meus 30 anos, eu fiz algo de errado, explicou.