Início GEEK

Ruby Rose denuncia série de abusos e atitudes tóxicas no set de Batwoman

Nesta quarta-feira (20), a atriz Ruby Rose fez uma série de denúncias sobre os executivos da emissora CW e também sobre os bastidores da série Batwoman. Em seu perfil pessoal do Instagram, a artista expôs alguns acontecimentos que aconteceram com ela e com outros membros da produção.

Veja também:

Ruby Rose denuncia os produtores, a emissora CW e a Warner Bros. em stories do Instagram. Foto: Divulgação/CW

Para começar os relatos, Rose mencionou a showrunner da série Caroline Dries e os produtores Greg Berlanti e Sarah Schechter e disse que iria falar a verdade sobre o que de fato ocorreu nos bastidores da primeira temporada da série. “Eu irei longe, para o que aconteceu comigo não se repita com mais ninguém”, escreveu a artista.

A primeira denúncia feita pela atriz foi sobre o ex-presidente da Warner Bros. Television Peter Roth. Ele pedia para que jovens mulheres passassem suas calças à vapor enquanto as vestia, fazendo com que as mulheres “tocassem em sua virilha”, nas próprias palavras de Rose. Ademais, ele também contratou um detetive particular para investigar e encontrar algum podre de Ruby.

Depois disso, a artista postou um vídeo de um exame médico que mostrava lesões em sua costela, no pescoço e também um tumor. Durante as gravações de Batwoman, a atriz se machucou gravemente e teve que fazer uma cirurgia de última hora para não ficar paraplégica. Dez dias depois de ter feito a cirurgia, foi exigido que ela retornasse as filmagens da série, senão, toda a equipe do programa seria demitida e ela seria a responsável por fazer o estúdio perder milhões.

Além disso, a artista revelou que gostaria de ter participado da San Diego Comic-Con 2019 com os fãs, porém, o estúdio não quis reformular a agenda de gravações da atriz para que isso pudesse acontecer. Para piorar ainda mais a situação, Ruby Rose teve que gravar um vídeo para informar que não estaria no evento, senão, ninguém avisaria os fãs. Ela gravou o vídeo, contudo, o estúdio exigiu que ela cobrisse as cicatrizes da cirurgia pois os executivos não queriam que as marcas aparecessem.

Sobre os bastidores de Batwoman, a atriz afirma que um membro da produção sofreu queimaduras de terceiro grau no corpo inteiro e muitas pessoas testemunharam a pele da pessoa descolando do rosto. Mesmo com a situação chocante e apavorante, nenhuma terapia foi providenciada após o incidente. Outra situação desconfortável foi uma cena de sexo que eles tiveram que fazer sem ter um preparo adequado para o momento.

Siga o The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades

Além da atriz, membros da produção de Batwoman também sofreram nos bastidores. Foto: Divulgação/CW

Ruby também diz que a série perdeu dois dublês — não está claro se os profissionais morreram ou se eles apenas saíram do programa. Uma mulher ficou quadriplégica e a CW a culpou pela situação porquê, de acordo com o canal de televisão, ela estava no telefone. Durante uma cena, Rose quase ficou cega pois ela sofreu um corte muito próximo ao olho.

Sobre a showrunner Caroline Dries, a artista a descreveu como “sem coração”. Segundo ela, Dries queria que as gravações de Batwoman continuassem durante a pandemia do Covid-19, mesmo com outras séries da CW paralisadas, como Supergirl, The Flash e Riverdale. A showrunner aparecia pouco no set de gravações e sabia que Ruby havia se machucado durante as filmagens, mesmo assim, Caroline afirmou que o acidente envolvendo a atriz aconteceu durante as aulas de yoga.

Por fim, Ruby termina as denúncias comentando sobre dois colegas de gravação. O primeiro deles é o ator Dougray Scott (pai de Kate Kane — personagem de Rose). De acordo com ela, o artista tinha atitudes antiprofissionais. Ele gritava com mulheres e chegou a machucar uma dublê. Sobre Camrus Johnson (Luke Fox), Ruby Rose o define como “um garoto egomaníaco”. O ator vazava informações de Batwoman para a imprensa, queixava os atrasos de Ruby, quando ela estava no hospital, e achava que sabia de tudo que estava acontecendo.

A Warner Bros. respondeu as denúncias de Ruby Rose. Logo abaixo segue o comunicado da empresa na íntegra.

” Apesar da história que Ruby está compartilhando na internet sobre os produtores, elenco, equipe, a emissora e o estúdio, a verdade é que a Warner Bros. Television decidiu não renovar o contrato da atriz para a segunda temporada de Batwoman com base em várias reclamações sobre o seu comportamento no local de trabalho que foram extensivamente revisadas e tratadas em particular por respeito a todos os envolvidos”.

A primeira temporada de Batwoman tem Ruby Rose como Kate Kane/Batwoman. Após a atriz ter deixado a série, Javicia Leslie assumiu o papel de protagonista do seriado como a personagem Ryan Wilder. No momento, a produção está na sua terceira temporada.

SEM COMENTÁRIOS

Sair da versão mobile