Quem acompanha o mercado de games sabe que o alicerce dessa economia em ascensão são as três maiores empresas de consoles: Sony, Microsoft e Nintendo. As três se uniram em prol de um bem maior, anunciando a criação de um conjunto de protocolos de segurança para moderação das suas plataformas online.

Veja também:

A iniciativa parece ser um primeiro passo na direção de um multiplayer entre plataformas mais abrangente. Foto: Reprodução/TechNaNet

As três empresas postaram simultaneamente um comunicado à comunidade que diz que “Proteger os jogadores online requer uma abordagem multidisciplinar que combine os benefícios de tecnologia avançada, uma comunidade atenciosa e uma monitoração feita por pessoas capacitadas”. Microsoft, Sony e Nintendo apontaram princípios pela as quais irão trabalhar nesta área.

Siga o The Squad no twitter e fique por dentro das novidades!

Os novos princípios serão divididos em três pilares principais:

  • Prevenção: permitir que os jogadores customizem seus controles de privacidade, promover a existência desses controles e torná-los fáceis de se usar;
  • Parceria: por hora, esse pilar inclui promessas de cooperar com outras organizações e agências de classificação etária;
  • Responsabilidade: inclui um compromisso com a transparência sobre as regras e com a facilitação dos meios que permitem aos jogadores reportarem pessoas que quebram as regras.
Nintendo
Com o início de uma nova geração neste fim de ano, o momento é propício para grandes mudanças como essa. Foto: Reprodução/Entepreneur

O anúncio não tem detalhes específicos em mudanças de políticas de uso ou em como esses novos princípios irão mudar a integração entre as plataformas. Mas a solidariedade e cooperação entre essas empresas é algo louvável e que deveria ser tomado como exemplo pelos fãs que entram em atritos constantes, e por vezes desnecessários na “guerra dos consoles”.