Segundo uma reportagem da Bloomberg, o remake de Star Wars: Knights of the Old Republic – lançado originalmente em 2003 -, foi adiado indefinidamente. Ao que tudo indica, desde o final de junho, o título está passando por problemas de desenvolvimento.

Veja também:

Star Wars
Título foi anunciado durante o PlayStation Showcase, ocorrido em setembro de 2021. Foto: Divulgação/Sony

De acordo com a matéria, a Aspyr Media, estúdio responsável pelo projeto, apresentou para a LucasFilm e a Sony uma demo do jogo no dia 30 de junho. No entanto, os líderes da desenvolvedora não gostaram do resultado final e uma semana após a exibição dessa demonstração, Brad Prince e Jason Minor, diretor de design e diretor de arte, respectivamente, foram demitidos repentinamente.

Após as demissões, a produção de Knights of the Old Republic começou a apresentar desafios de continuidade e, em seguida, os desenvolvedores foram informados que o projeto seria pausado. Com essa paralisação, a Aspyr está analisando as possibilidades de desenvolvimento e procurando novos pessoas para assumirem as posições.

Além disso, o estúdio informou aos parceiros e funcionários que pretendia lançar o game no final de 2022, entretanto, segundo os desenvolvedores, a previsão mais realista para a estreia do jogo seria em 2025.

Siga o The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

Até o momento, não está claro qual é o futuro do remake, que estava em desenvolvimento há 3 anos, porém, só foi oficializado em setembro de 2021, durante o PlayStation Showcase.

Por enquanto, a Aspyr Media não se pronunciou sobre a matéria da Bloomberg.

O remake de Star Wars: Knights of the Old Republic seria um dos primeiros jogos da série a serem lançados fora dos domínios da Electronic Arts, que tinha os direitos exclusivos da saga nos videogames. O acordo exclusivo da EA será encerrado em 2023, permitindo que empresas como Ubisoft, Quantic Dream, Skydance New Media e Aspyr possam lançar os seus projetos baseados em Star Wars.