O VALORANT Challengers Brasil (VCB) teve o fim da sua segunda etapa neste domingo (21). Foi um dia decisivo onde as últimas duas vagas para o Masters Regional foram conquistadas em duas séries melhores de três. FURIA e Team Vikings conquistaram as vagas pelo Challengers, enquanto as equipes perdedoras da segunda fase disputarão a Challengers 3 na última tentativa de se classificar para o regional. Veja a seguir como foram os jogos que definiram as vagas no VCB.

Veja também:

VCB
Sacy mostrou o valor de Skye e a sua equipe encontra o caminho para o Masters no VCB. Reprodução/Riot Games

Rise 0 x 2 FURIA

Começando pela Haven, a Rise venceu o pistol atacando no seu mapa de escolha, mas foi respondido prontamente pela FURIA com um clutch incrível de nzr. A partir daí só deu FURIA, que perdeu apenas só um ponto depois do primeiro pistol. Foi um show de xand que pontuou 23 abates em 15 rodadas, com o mapa sendo vencido pela FURIA com 13×2. Isso deu a confiança para o segundo mapa, essa que foi escolha deles.

Icebox foi a escolha da FURIA para o segundo mapa da série e a equipe manteve a dominância nos primeiros rounds. Porém a Rise respondeu a altura e mostrou que não ficaria igual a Haven. A primeira metade acabou 8×4 para a FURIA mas foi ai que a Rise surpreendeu, com jogadas impecáveis de GuhRVN, Slam e leonzhel, a Rise não só mostrou seu valor no campeonato como marcou seis rodadas seguidas para empatar 11×11 com a FURIA. Com o momento melhor, a Rise acabou perdendo a rodada seguinte e não conseguiu recuperar, classificando a FURIA para o Masters regional com 13×11.

Siga o The Squad no Twitter e fique por dentro das novidades!

SLICK 0 x 2 Team Vikings

Team Vikings escolheu a Bind para o primeiro mapa, e de cara eles receberam a SLICK com um ataque avassalador. Saadhak e frz protagonizaram rounds impressionantes, pegando a SLICK totalmente de surpresa e não conseguiram responder a altura. Nos oito pontos da primeira metade, a Vikings conseguiu quatro rounds perfeitos. Na defesa foi a vez de Sacy aparecer para sua equipe e pontuando 20 abates no mapa inteiro. Com uma Bind controlada, a Team Vikings fechou o mapa com 13×5 e se viu a um passo de se classificar para a Masters Regional.

A história não mudou no mapa de escolha da SLICK. Defendendo na Split, a Vikings foi ainda mais dominante do que no mapa anterior. O pistol foi decidido após uma movimentação muito arriscada de Saadhak mas que deu frutos. Sutecas foi assombroso com seu Omen, sempre pegando os inimigos desprevenidos e Sacy fez valer a escolha de Skye e mostrando o potencial da agente no mapa, fechando a primeira metade 11×1.

Porém o ataque da SLICK veio para mudar a história do jogo. Pontuando seis rounds seguidos, a SLICK se encontrou e assustou. Com BLD e DiMAS liderando o avanço da equipe, o torcedor da Vikings sofreu pensando que tomaria uma virada, mas após se organizarem, a Team Vikings conseguiu o round decisivo, terminando 13×9 e garantindo a última vaga disponível no Masters pelo Challengers.

FURIA e Team Vikings se juntam a Gamelanders e Vorax como as primeiras equipes a disputar o Masters Regional, já as equipes derrotadas ainda não dão adeus a disputa. SLICK e Rise se juntam a Imperial e B4 para disputar a fase três da Challengers com mais quatro equipes que virão da classificatória abertas. A fase três é a última chance das equipes se classificarem para a primeira disputa regional Masters.